Sobre este blog

Amigo leitor, junto com uns amigos criamos um blog para auxiliar professores, acabei me apaixonando e tornando-me um "blogueiro".

Decidi então criar este espaço com o objetivo de emitir meu ponto de vista sobre Teologia, Política, Pedagogia, concursos, atualidades e, especialmente, postar meu caderno de estudos em Direito, só que mais organizado do que o manuscrito (risos)! Bem-vindos!

TEOLOGIA - Quando o desejo de glória nos embriaga

O desejo de ser famoso no mundo ministerial é muito grande, haja vista os grandes conflitos no meio cristão para se chegar ao ápice. Há obreiros que enganam, machucam e se colocam como grandes investidores do sucesso pessoal para chegarem ao poder. Querem crescer diante dos homens e esquecem do que o apóstolo Pedro fala em 2 Pd 3.18.

Baruque era um obreiro fiel a Jeremias: obediente (Jr 32.13), fiel escriba (Jr 36.4), era um verdadeiro arauto (Jr 36.13), cuidava dos negócios de Jeremias (Jr 32.10), registrava fielmente as palavras de Jeremias (Jr 36.4) e lia suas palavras (Jr 36.8). Mas por que tudo isso? Esperava se amparar na fama e sucesso do profeta, consequência: ficou frustado. Jerusalém foi destruída e o profeta desacreditado pelo rei, porém aprovado como profeta de Deus.

Você que tem uma chamada de Deus, confie no Senhor, não trabalhe com, ou por alguém, pensando no sucesso pessoal, faça pela obra de Deus, pois ele te dará uma recompensa. Muitos, no dia do arrebatamento, estarão diante do Senhor com obras de palha, madeira e feno, cuja recompensa será única e exclusivamente ver todo o seu trabalho da vanglória e do egoísmo ser queimado pelo fogo. Fuja da vanglória, trabalhe pensando em agradar e exaltar ao senhor Jesus Cristo, assim, serás exaltado por Deus nas eras intermináveis da eternidade.

Postado pelo presbítero Almir Barbosa no ebdjatiuca.blogspot.com

teojesus@bol.com.br

DIVULGAÇÕES

Tradução

Passaram por aqui

Sobre mim

Facebook

Velocidade da sua conexão

Amigos

Postagens populares

Pesquisar...